Universidade & mercado de trabalho é parceria positiva

Universidade & mercado de trabalho é parceria positiva

Há dois anos, em conversa de empresários da área tecnológica surgia a idéia de promover a aproximação da Universidade com o mercado de trabalho com premiação dos trabalhos de conclusão das faculdades de Informática. Nascia então, o Prêmio Assespro-RS, desde o início aberto às universidades que ministram cursos de tecnologia, com o objetivo de conhecer e aplicar o que é desenvolvido pela Academia, sob a ótica da Inovação, da aplicabilidade e técnica aplicada.

A motivação é clara: centenas de trabalhos são desenvolvidos anualmente e muitos acabam engavetados, por pura falta de oportunidade. Por que, então, não avaliá-los sob a ótica de empresários que têm o empreendedorismo na veia, que farejam com qualidade técnica e visão mercadológica um produto recém desenvolvido, ou em fase de implantação; ou ainda, porque não aliar a inteligência incontestável gerada na Universidade às reais necessidades do mercado. Mais, aliado a este reconhecimento de produto inovador, receber uma bolsa de formação em tecnologia, de uma das mais respeitadas escolas de formação em ferramentas tecnológicas do Estado, e, ainda, respaldá-lo com uma assessoria jurídica especializada, para a colocação de seu produto no mercado, dando-lhe a certeza de segurança e maior competitividade para seu projeto. Tudo possível graças aos nossos patrocinadores. É bom não esquecer que a premiação vem acompanhada do necessário reconhecimento e entrega do troféu Assespro-RS ao professor orientador por sua incontestável visão empreendedora.

É gratificante constatar que esta fórmula deu certo e a iniciativa está indo para a sua quarta edição. Para a Assespro gaúcha, que mais uma vez inova neste tipo de premiação, os trabalhos representam a finalização de um curso de altíssimo nível, demonstrando, assim, a formação dos novos profissionais de ponta, além da possibilidade de um empreendedorismo efetivo.

Após receberem o prêmio na noite da formatura, no momento da colação de grau, na presença de seus familiares e amigos, os bacharéis são recepcionados em reunião de diretoria da entidade representativa das empresas de tecnologia, acompanhados pelos professores orientadores. É ali que eles apresentam seu projeto completo e sua motivação, numa oportunidade única de mostrarem o que pretendem do futuro à diretoria da Assespro, formada por empresários do setor de tecnologia.

Na última semana, em reunião de diretoria, ocorreu a entrega ao trabalho premiado do aluno da UFRGS, com a explicação do produto pelo bacharel e seu orientador A reação entusiasmada de um diretor presente, empresário de empresa de tecnologia móvel, que viu no projeto desenvolvido um potencial produto a ser explorado por sua empresa, foi emocionante. Não apenas por ser um bacharel recém saído da universidade, trocando cartões com um empresário bem sucedido, ambos apostando na nova e promissora possibilidade de negócios, mas pela certeza de uma idéia vitoriosa. A fórmula rascunhada há dois anos gerou uma fórmula matematicamente perfeita: Uma Inteligência gerada na Universidade aplicada ao mercado alavanca o desenvolvimento do Estado.

Letícia Balen Zereu Batistela – Consultora Jurídica em TI